Como criar servidor dedicado para Left 4 Dead 2 | Left 4 Dead Brasil

Como criar servidor dedicado para Left 4 Dead 2

Link copiado!

Por em 13 de janeiro
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Este tutorial requer um pouco de conhecimento avançado em informática, tais como configuração básica de roteadores e acesso a comandos do Windows. Qualquer coisinha desconhecida e não explicada no tutorial, pergunte nos comentários ou faça uma pesquisa rápida aqui😀


E aí, tudo bom? Espero que sim! Seja bem-vindo (a) ao tutorial de como criar servidor para Left 4 Dead 2. Nesse tutorial abordaremos dos mais variados assuntos, desde as configurações da internet para fazer o servidor ficar online e também instalação de plugins. Vale lembrar que todo o procedimento será feito em uma máquina doméstica com internet também doméstica, então esperamos que você já fique ciente dos possíveis problemas: variação de latência (ping), possível instabilidade no desempenho (dependendo da máquina na qual o servidor será criado) e também possíveis gambiarras para que tudo possa funcionar normalmente.

Um dos exemplos de variação de latência é baseado no local onde você mora. Vamos supor que temos um servidor doméstico na cidade de Rio Branco, no Acre. Não adianta querer que uma pessoa do Rio Grande do Sul conecte e tenha 12ms de ping, pois é fisicamente impossível, mesmo que você tenha um servidor dedicado em um datacenter (lugar onde ficam servidores dedicados reais, nada de gambiarras domésticas).

Outra coisa que vale citar é que esse tutorial é direcionado aos usuários de Windows. É necessário que você tenha o Windows XP como requerimento mínimo de sistema operacional. Acima do Windows XP, qualquer sistema é permitido. Quanto ao hardware, é necessário que você tenha 2 GB de RAM e pelo ao menos um processador de um núcleo com 1.8Ghz, isso no caso de você usar a máquina só para o servidor. Quando fiz um servidor de Left 4 Dead 2, usei uma máquina com 4 GB de RAM e processador dual-core (i3 2120), os únicos problemas que tive foi devido a minha antiga e fraca conexão de internet. Resumindo na lata: se quer usar addons para incrementar a experiência dos jogadores, é necessário que o servidor seja em uma boa máquina ou se não vai dar crash toda hora.

Existe a possibilidade de você fazer esse servidor em um servidor dedicado real, no qual você pode contratar em empresas especializadas no serviço (que citarei no final da página). Como eu disse, o foco do tutorial criar um servidor em máquinas com Windows, então caso você tenha money para contratar servidor dedicado, é necessário que seja um servidor com pelo ao menos Windows Server 2003. O recomendado é servidores com as últimas versões dos sistemas operacionais para melhor estabilidade e segurança.

Voltando ao assunto de servidor para nós meros mortais que temos a intenção de fazer o server debaixo do nosso teto, você vai precisar de uma internet que tenha o ping estável. A variação pode ser entre 20~30ms para servidores cooperativos/campanha. Quanto a servidores para versus, é altamente recomendado que você faça a contratação de um servidor dedicado com uma empresa especializada. Conexões ópticas, ADSL e via rádio estão sempre sujeitas a variação de latência, sendo a primeira alternativa a mais recomendável para fazer um servidor doméstico. Caso esteja com medo por causa disso, faça um teste verificando o ping do sua internet para algum servidor. Geralmente uso o servidor da Valve como referência para esse tipo de teste. Para isso basta abrir o cmd e digitar ping gru.valve.net. Você verá o resultado em Xms, onde X é o tempo de resposta e o ms são os milissegundos. Veja como é na imagem abaixo:

Como pode ver, a variação foi de até 4ms (32ms – 28ms= 4ms). Como eu disse, pode ocorrer casos da variação ser de até 20ms, mesmo em conexões de fibra óptica. Então esteja atento a esses detalhes para que seu servidor rode em uma boa qualidade de latência e não cause lags para os jogadores que estarão nele. Vale lembrar que se seu provedor for via rádio e não oferecer uma latência aceitável e sem lags, entre em contato com o suporte para resolver isso o mais rápido possível. As conexões via rádio geralmente trabalham na frequência de 5.8Ghz, isso atualmente é mais do que suficiente para poder jogar e hospedar um servidor sem lags. Outra coisa que é bom lembrar é a velocidade da conexão: tenha pelo ao menos 1MB de download (100KB/sec) e 500k de upload (50KB/sec) para poder rodar no limite de conexão aceitável.

Então sem mais enrolação, vamos ao tutorial. Lembrando que você pode deixar qualquer dúvida relacionado ao tutorial nos comentários.

Abrir as portas do roteador/modem.

Essa parte geralmente é a mais chata, então começaremos por ela. Abrir as portas do roteador pode ser simples para algumas pessoas e bem complicado para outras. Isso se deve ao fato de que as portas da conexão só podem ser configuradas pelo equipamento que recebe internet, tal como roteadores ou modems. O pessoal que tem internet via ADSL (ASDL+, VDSL, ADSL2) geralmente pode acessar o modem via IP no navegador (geralmente é 192,168.0.1, 192.168.1.1 ou 10.1.1.1) com o usuário admin e a senha admin. Partindo disso, cada provedor usa um roteador diferente, então é necessário que você pesquise como efetuar o redirecionamento (ou abrir portas, que da no mesmo) de portas dos devidos modems/roteadores. Infelizmente não tem como eu explicar o método de como fazer Port Fowarding em todo tipo de roteador de internet cabeada, porém vou ensinar o básico para que você consiga chegar ao final desse tutorial sem muitos problemas.

O pessoal que tem internet via rádio pode abrir servidor de jogos? Sim, pode. Porém, é necessário que o equipamento de internet trabalhe com frequências de 5.8Ghz pra cima. Geralmente esses equipamentos são as antenas da Ubiquiti (AirGrid M5HP, Bullet M5, Nanostation, etc) ou a SXT da Mikrotik, então esses equipamento citados dão suporte para conexão de 5.8Ghz. São capazes de manter servidores funcionando com até 18 conexões simultaneamente, dependendo do seu plano de internet e do gerenciamento do seu provedor.

Quanto ao redirecionamento de portas…

As portas que serão necessárias para fazer o servidor de Left 4 Dead 2 são 27015 e 27016. Essas portas serão o caminho entre os dados entre seu servidor e os players (inclusive você, mesmo que esteja jogando no mesmo PC que se encontra o servidor). Se você visitar o Gametracker por esse link, verá que os servidores tem várias portas diferentes como 27115, 27018, 27030, 27028. Então no que isso influencia? Nada. Porém o recomendado na comunidade de desenvolvedores da Valve é o uso das portas 27015 e 27016, então assim será feito. Esse pessoal usa servidores dedicados reais, com internet e IPs dedicados para diferentes portas, então isso pode ser um pouco mais avançado para o que estamos querendo no momento.

Para fazer o redirecionamento de portas, é necessário saber o IP do seu modem/roteador.

  1. Abra o CMD (Prompt Command). Para isso basta usar o atalho Tecla do Windows + R e digitar cmd na janelinha que abrir. Após isso pressione enter.
  2. Agora que o CMD está aberto, digite ipconfig e pressione enter. Vai aparecer os dados dos seus adaptadores de internet e sua conexão com o seu modem/roteador. O IP do seu modem/roteador é o que aparece no mesmo lugar do qual está realçado na imagem abaixo:

Agora como já sabemos o IP do nosso modem/roteador, podemos digita-lo no navegador. Você vai se deparar com a tela de login, basta digitar o login e senha do seu roteador (que como eu disse, na maioria dos casos é usuário admin e senha admin) e pressionar enter.

Agora vem a parte chata. Procure por Port Fowarding ou Redirecionamento de Portas. Agora adicione as portas 27015 e 27016 com os protocolos TCP e UDP para ambas. Em alguns roteadores não tem a opção Both para selecionar os protocolos, então basta colocar um por vez. O IP necessário para colocar é o IP local da sua máquina, que no meu caso é 10.1.1.104. Para ver seu IP local basta entrar no CMD e fazer o mesmo processo que fizemos antes, só que você vai usar o mesmo IP que aparece no lugar do meu IP 10.1.1.104.

Basta salvar e aplicar. Agora você está pronto pra continuar e fazer a parte menos chata na configuração de um servidor. Se ainda estiver com algum problema quanto ao assunto Port Fowarding, recomendo que dê uma olhada neste site.

Sabendo alguns detalhes antes de criar o servidor

É necessário ficar ciente de alguns detalhes importantíssimos antes de criar o servidor para o Left 4 Dead 2.

  • Primeiro de todos é que você não precisa ter uma conta na Steam para fazer o download dos arquivos. É sugerido na wiki da comunidade de desenvolvedores da Valve que você use uma segunda conta ou o login anonymous. Com esse login você vai poder fazer o download de praticamente qualquer coisa que esteja disponível para download na comunidade de desenvolvedores da Valve, inclusive jogos que você não tenha na biblioteca. Porém, vale lembrar que nesse último caso, você não vai conseguir rodar jogos, já que são necessários alguns arquivos de autorização que vem com os jogos quando você baixa ele legalmente pela Steam.
  • Seguidamente você vai precisar de pelo ao menos 15~20GB de espaço livre em disco. O servidor não ocupa tanto espaço assim, porém o espaço preparado para mapas, addons e afins. Alguns mapas chegam a ter o tamanho de 1GB (1000MB).
  • O download dos arquivos do servidor será feito por uma janela de linha de comando, vulgo cmd. Mas dessa vez, é uma versão modificada conhecida como SteamCMD. Esse cmd modificado vai permitir que você execute comandos específicos relacionados aos servidores da Source Engine (motor dos jogos da Valve).
  • No final do tutorial criaremos um arquivo da extensão *.bat. Esse arquivo executa comandos administrativos no sistema. Ele será responsável por facilitar a atualização do seu servidor. Uma observação que tem que ficar clara é de que esse arquivo *.bat pode dar um falso-positivo em alguns anti-vírus, tais como AVAST ou AVG.
  • Toda vez que o Left 4 Dead 2 receber atualização na Steam, será necessário que você atualize manualmente o seu servidor. Para isso usaremos o arquivo *.bat citado no parágrafo anterior.
  • Dependendo da sua internet, é necessária muita paciência para esperar o download dos arquivos terminarem.
  • Caso o download dos arquivos seja interrompido (tanto por queda de energia, fechamento inesperado do SteamCMD, desligamento do sistema, macumba, etc), o SteamCMD recomeçará o download, evitando assim possíveis arquivos corrompidos.

Criando o servidor de Left 4 Dead 2

Mãos à obra! Crie uma pasta no Disco Local C:\ (geralmente o C:\ é o disco mais usado para o sistema operacional, então fica ao seu critério) com o nome de SteamCMD.  Agora faça o download do SteamCMD clicando aqui. Extraia para a pasta que você criou. Execute. Ele vai baixar vários arquivos relacionados ao SteamCMD e provavelmente vai fazer algumas atualizações dos mesmos, caso necessário.

Resultado após download dos arquivos do SteamCMD

Pode aparecer uma janela do Windows (Alerta de Segurança do Windows). Basta selecionar as duas opções (Redes privadas e Redes públicas) e clicar em Permitir Acesso. Essas opções são necessárias para que o sistema de segurança do Windows (vulgo Firewall) permite que entre e saia dados nas conexões TCP e UDP (aquelas mesmas das portas que liberamos na hora de configurar o modem/roteador). No Windows XP/Windows Server 2003 não é comum aparecer esse tipo de aviso, porém você já está ciente do que fazer caso o aviso apareça.

Caso você feche essa janela por algum motivo (susto, medo, etc), existe um tutorial que pode te ajudar. O Helito Bijora explica com detalhes por aqui.

Voltando ao SteamCMD. Digite login anonymous e pressione enter. Vai aparecer a seguinte mensagem:

Connecting anonymously to Steam Public…Logged in OK

Waiting for license info…OK

Agora você vai digitar o seguinte:

force_install_dir C:\SteamCMD\L4D2Server\

Pressione enter. Agora digite:

app_update 222860

E aqui que a coisa vai começar a fazer efeito. O SteamCMD vai começar a configuração, validação e alocação de espaço necessário para fazer o download. Em seguida ele vai baixar todos os arquivos necessários do servidor. Lembrando que o SteamCMD vai baixar o jogo inteiro (8080179507bytes = 8GB e feijão com arroz).

  • Pode ocorrer (em raros casos) de não baixar alguns arquivos durante o download de arquivos necessários para o servidor funcionar corretamente. Caso isso acontença, basta abrir o SteamCMD novamente e executar os comandos acima.
  • Caso aconteça da janelinha do SteamCMD fechar do nada, basta abrir de novo e colocar os comandos acima.

Quando tudo estiver pronto, vai aparecer a seguinte mensagem:

Success! App ‘222860’ fully installed.

O servidor já está pronto para ser iniciado. Antes de qualquer ato, é que necessário esclarecer algumas coisas:

  • O servidor pode ser executado à partir de um arquivo chamado srcds.exe. Esse arquivo fica na pasta /l4d2server que criamos e o ícone dele é semelhante ao ícone do Half-Life 2.
  • Após executar esse arquivo, abrirá uma janela verde com campos preenchidos, sendo eles: Game, Server Name, Map, Network, Max. Players, UDP Port RCON Password. Também tem a caixinha do VAC (Valve Anti-cheat). É essencial deixá-la marcada, pois é mais uma camada de segurança para prevenirmos a bagunça de cheaters no servidor. O campo de Game geralmente terá só Left 4 Dead 2 como opção, então deixe como tal. Server Name é referente ao nome público do seu servidor, aquele que vai aparecer no openserverbrowser ou nos Servidores de Grupo SteamMap é para mapa (d’oh!). Network é o espaço referente ao modo de rede do seu servidor, que poderá ser tanto em LAN (que é para servidores locais, na sua casa ou numa Lan house, por exemplo) o Internet (que é o foco desse tutorial). Nesse caso deixaremos em Internet. A opção Max. Players não fará muita diferença, tendo em vista que esse tipo de configuração é feita diretamente num arquivo interno do servidor, o server.cfgUDP Port é a porta que usaremos para trafegar os dados entre o servidor e os players. Tenha atenção e deixe essa porta sempre na primeira porta que abrimos no nosso roteador/modem, que no caso é a 27015. Por fim temos o campo de RCON Password, nele você deve usar uma senha segura para que comandos de invasores possam ser evitados.
  • Para iniciar o servidor aperte Start Server e para fechar clique no botão Cancel.
  • Lembrando que será necessário preencher tudo novamente caso você não use o arquivo de configuração. Todas as explicações feitas sobre os campos serão para você saber qual a utilidade deles e caso você tenha preguiça de criar o server.cfg. Lembrando que será necessário preencher tudo novamente caso você não use o arquivo de configuração, que será nossa próxima parte do tutorial. :p

Criando o arquivo de configuração do servidor – server.cfg

Nessa parte do tutorial vamos criar o server.cfg. Esse arquivo será responsável por todas as configurações iniciais do servidor. De exemplo você pode configurar o HP do Tank, HP dos sobreviventes, nome do servidor, se será permitido comunicação por voz e mais um monte de outras coisas.

Então vamos criar server.cfg. Primeiro abra o Bloco de Notas ou um editor de texto de sua preferência. Copie e cole essas informações:

hostname “Nome do seu servidor

mp_disable_autokick 1
sv_alltalk 0
sv_consistency 0
sv_voiceenable 1
sv_region 255
sv_log_onefile 0
sv_logbans 1
sv_lan 0
sv_pure “1”
sv_cheats “0”
rcon_password “Coloque um senha segura aqui

Agora salve o arquivo em C:\SteamCMD\l4d2server\left4dead2\cfg com o nome de server e a extensão *.cfg. Ficando assim:

Salvando server.cfg na pasta /cfg.

Agora você pode executar o srcds.exe novamente. A janelinha aparecerá com as mesmas configurações de antes, mas quando o servidor estiver pronto e carregado, as informações que aparecerão serão as do server.cfg.

Toda vez que executar seu servidor, vá na aba Console e verifique se tem a seguinte mensagem:

Connection to Steam servers successful.
VAC secure mode is activated.

Caso tiver, está tudo OK. Caso contrário verifique sua conexão com a internet e reinicie o servidor.

  • Tem como usar o servidor com linha de comando, porém isso será abordado em uma possível postagem.
  • Você pode kickar e banir jogadores pela aba Players. Configurações como lista de jogadores banidos, mods como MetaMod SourceMod serão abordados em postagens independentes.
  • Verifique sempre se o IP do seu servidor está de acordo com o mesmo IP aberto no roteador/modem.
  • Não é porque tem 0 / 18 no campo Players que seu server tem capacidade para 18 Players. É necessário mods de terceiro que ‘liberem’ essa função.

Como atualizar meu servidor dedicado?

Toda vez que sair uma atualização para o Left 4 Dead 2 via Steam, é necessário que você atualize o servidor. Para isso basta executar no SteamCMD os comandos que usamos para baixar os arquivos do servidor. Porém, isso pode ser cansativo. Então vamos criar um arquivo de extensão *.bat para agilizar o processo de checagem de arquivos e atualização do servidor.

Abra o bloco de notas e coloque essas informações:

@ShutdownOnFailedCommand 1
@NoPromptForPassword 1
steamcmd +login anonymous +force_install_dir C:\steamcmd\L4D2Server\ +app_update 222860 validate

Salve na pasta C:\SteamCMD como atualizar.bat. Exemplificando em imagem, será mais ou menos assim.

Toda vez que você executar o arquivo atualizar.bat, o SteamCMD vai abrir e fazer a checagem de todos os arquivos antes de baixar algumas atualização. Isso é necessário para evitar e corrigir possíveis erros que possam ser causados antes ou depois do download das atualizações.

Se você procura empresas com servidores dedicados no Brasil, pode entrar em contato com essa aqui.

No mais, vale lembrar que você é responsável por seu servidor. Todas as dicas passadas aqui foram testadas e cumprem com os propósitos de cada uma. Quaisquer sugestões podem ser encaminhadas via comentários ou na página de contato. Bom jogo! 😀

Ultima atualização às 07:07 - 14/01/2017



Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Compartilhar

6

.